Estivemos presentes com uma intervenção numa iniciativa que pretendeu, em particular, juntar pessoas com interesse e experiência em atividades, estudos e projetos relacionados com o uso do fogo controlado, o corte e remoção de matos e o pastoreio, bem como a apresentação dos instrumentos financeiros disponíveis ou que a disponibilizar oportunamente, no novo quadro comunitário de apoio, ao setor agrícola, silvícola e pecuário.