Trilho das Panorâmicas e Socalcos

PRÓXIMA DATA: 17 de Fevereiro de 2017

O ponto de encontro (9h30) é em Sistelo (Fontanário/Tasquinha): 
41°58'24.6"N 8°22'28.2"W
41.973500, -8.374500
 
Um trilho de enquadramentos e perpectivas únicas dos socalcos de Sistelo que percorre as duas margens do Rio Vez e que consoante a época do ano nos mostra a paleta de cores sazonal dinâmica que caracteriza esta paisagem de sinergias entre Homem e Natureza.
 
No tempo de preparar a terra para receber as novas culturas quando os "montículos" de estrume pontuam o verde, quando os prados que mudam, estão envolvidos pelo esverdear do carvalhal e das outras folhosas e pelos matos que já espalham cores e aromas pela serra. Na primavera, enquanto os socalcos mudam a roupagem, e podemos atravessar a paisagem apreciando o auge dos prados-verde-lima, que nalguns socalcos foram, trocados pela batata e começam a sê-lo pelo milho e feijão-de-entre-o-milho. Quando os amarelos de tojos e giestas invadem matagais para serem recortados pelo branco da urze arborea. No auge do Verão quando os socalcos amarelecem fenos e milhos ladeados pelo verde do carvalhal galaico-português. No outono quando os amarelos, laranjas e vermelhos chegam ao carvalhal e às latadas de vinha. Ou no inverno quando o branco da neve e geada vermelhecem os fetos e abrem portas aos violáceos de urzes mais rasteiras. O trilho das panorâmicas e socalcos arrebata sempre.
 
O início é no lugar da Estrica que oferece as mais soberbas vistas sobre vales, socalcos e montanhas de Sistelo, mostrando panorâmicas da confluência do Outeiro com o Couço e deste com o Vez. Entre carvalhais e socalcos sombreados chega-se à Portela do Alvite, lugar de feiras do gado quinzenais e ponto de passagem secular de transumantes, comerciantes e contrabandistas. No troço entre a Portela e Paçô (de Merufe) o Alto Vez oferece perpectivas invulgares sobre Padrão e Porto Cova e os seus impressiontes complexos de socalcos. Daí para a frente é para entrar socalcos adentro, intercalados com a arquitetura popular dos casarios e das eiras de espigueiros, das levadas e calçadas atravessando Porto Cova, Padrão e Igreja, lugares de gado, de brandas e pastores.
 
Inscrições: 10€/pessoa (inclui interpretação e seguros) mediante envio de comprovativo da transferência bancária (IBAN: PT50 0035 0666 00074246600 69) para o email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
 
 
 Extensão: 8,23 Km | Cota mais baixa: 276 m | Cota mais alta: 508 m